Dirigido por Herbert Bianchi, Projeto Revide explora o teatro documentário para revelar cenário da violência no Brasil

SOBRE O EVENTO

Início: 03/08/2019 21:00
Fim: 25/08/2019 19:00
Onde: Teatro Cacilda Becker - Rua Tito, 295 – Lapa

Com dramaturgia criada a partir de depoimentos reais, espetáculo estreia no dia 3 de agosto no Teatro Cacilda Becker. Elenco trazAriana Slivah, Carlos Moreno, Letícia Sobral, Lucas Penteado, Marina Santana, Silvia Suzy e Rodrigo Caetano

 


Fruto de uma pesquisa iniciada na oficina de verbatim – técnica de teatro documentário que consiste em reproduzir depoimentos reais em cena – ministrada pelo diretor e dramaturgo Herbert Bianchi em 2017,  Projeto Revide estreia no dia 3 de agosto, no Teatro Cacilda Becker. O texto, que investiga a violência no Brasil, é assinado por ele e por Letícia Sobral. 



Para compor a dramaturgia, foram feitas mais de 50 entrevistas com pessoas de diferentes lugares, origens e profissões, tentando compreender as raízes dessa questão que sempre fez parte do nosso cotidiano. O espetáculo reproduz depoimentos de pessoas como uma aposentada que não sai mais de casa, um ex-integrante de uma facção criminosa, um policial condecorado duas vezes, uma deputada que pretende armar a população, um ex-viciado que esfaqueou a mulher e um jovem sonhador que vive na região mais violenta da cidade.



Essas histórias formam um painel do atual cenário da violência no Brasil. Entrelaçando entrevistas com fatos históricos, a peça desarquiva alguns casos que marcaram a trajetória do nosso país, lançando um olhar sobre uma questão que sempre fez parte do nosso cotidiano. Pontos de vista inusitados e surpreendentes convidam o espectador a refletir sobre os motivos que fazem do Brasil um dos países mais violentos do mundo.



O espetáculo é uma das ações previstas em um projeto contemplado pela 1ª edição do Prêmio Cleyde Yáconis em 2018.

TEATRO VERBATIM

Herbert Bianchi pesquisa a técnica verbatim desde 2015, tendo realizado três espetáculos do gênero: “Ao pé do ouvido”, em 2015, em que assinou a dramaturgia (com Rita Batata e Zé Henrique de Paula); “Do outro lado da rua”, em 2016, em que assinou a dramaturgia e a direção; e “Hotel Mariana”, em 2017, em que também assinou a dramaturgia (com Munir Pedrosa) e a direção. 

“Hotel Mariana” levou ao palco depoimentos de sobreviventes da Tragédia de Mariana, o segundo maior desastre socioambiental da história Brasil. A peça realizou em três anos mais de 100 apresentações, obteve mais de 12.000 espectadores, foi indicada ao Prêmio Shell na categoria Autor, integrou o programa “Plataforma Brasil” da 5ª MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo e participou do Festival Palco Giratório do SESC em Porto Alegre e no Rio de Janeiro. 

SINOPSE

Uma aposentada que não sai mais de casa. Um ex-integrante de uma facção criminosa. Um policial condecorado duas vezes. Uma deputada que pretende armar a população. Um ex-viciado que esfaqueou a mulher. Um jovem sonhador que vive na região mais violenta da cidade. Esses são alguns dos depoimentos reproduzidos na peça de teatro documentário “Projeto Revide”, que cria um painel do atual cenário da violência no Brasil. 

FICHA TÉCNICA

Dramaturgia: Herbert Bianchi e Letícia Sobral 

Direção: Herbert Bianchi 

Elenco: Ariana Slivah, Carlos Moreno, Letícia Sobral, Lucas Penteado, Marina Santana, Silvia Suzy e Rodrigo Caetano

Assistente de direção: Ediana Souza 

Desenho de luz: Rodrigo Caetano 

Arquitetura cênica: Eric Lenate e Herbert Bianchi 

Figurinos: Mira Haar 

Direção musical e trilha sonora original: L. P. Daniel 

Diretor de palco: Felipe Ramos 

Produção e Pesquisa: Herbert Bianchi, Letícia Sobral, Marina Santana e Silvia Suzy 

Operação de luz: Rodrigo Silbat 

Operação de som: Edézio Aragão

Operação de vídeo e programação visual: Herbert Bianchi

Pesquisa de slam: Brenda Barbosa

Fotos: Leekyung Kim 

Assessoria de imprensa: Pombo Correio



SERVIÇO
Projeto Revide, de Herbert Bianchi e Letícia Sobral 

Teatro Cacilda Becker - Rua Tito, 295 – Lapa

Temporada: de 3 a 25 de agosto de 2019

Aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h

Ingressos: grátis, distribuídos uma hora antes de cada sessão

Classificação: 14 anos

Duração: 70 minutos

MAPA

Clique para habilitar o mapa
Teatro Cacilda Becker - Rua Tito, 295 – Lapa